CONGRESSO INTERNACIONAL DE FILOSOFIA E LITERATURA: ENTRE PORTUGAL E MACAU - LUSOFONIA, UTOPIA CRIADORA?

Embora sem linhagem de especulação sistémica e de polarização institucional ou grupal no Oriente lusíada, da Índia a Macau e Timor, o pensamento filosófico marcou aí presença descontínua ao longo dos tempos – ora associado à Pedagogia ou ao Direito e à Teoria Política, à Etnologia ou às Artes, ora manifestando-se através do ensino liceal ou da digressão na imprensa (como, por exemplo, se verificou em Macau com Mateus António Lima e Silva Mendes).
Mas a dimensão filosófica foi-se cumprindo sobretudo nas implicações antropológicas e historiosóficas da criação literária, mormente na mais sensível aos influxos interculturais. Assim veio modernamente acontecendo em Macau, desde José Miranda e Lima a Benjamim Videira Pires, desde Camilo Pessanha e Wenceslau de Moraes a Henrique Senna Fernandes e Maria Ondina Braga, até à problematização do sentido no surto contemporâneo de poesia e narrativa breve, com Fernanda Dias e Fernando Sales Lopes, com Carlos Morais José e Yao Feng.
Num novo contexto de diversidade de escolas de Ensino Superior e de alargados recursos comunicacionais e editoriais, encontra favoráveis condições de existência uma cultura liberta de fechamentos regionalistas e isenta de cosmopolitismos indiferenciadores. Nessa situação literatura e filosofia podem agora interagir fecundamente no respeito pela matriz luso-oriental e na exigência de horizonte universal.
Por isso, em período de revisitação do espírito de Utopia essa interacção encontra no espaço e na dinâmica da(s) lusofonia(s) motivações peculiares. Assim, na sequência do CONGRESSO INTERNACIONAL ERRÂNCIAS DE UM IMAGINÁRIO, decorrido no Brasil (Março de 2013), em Portugal (Abril de 2013) e em Cabo Verde (Julho de 2013) - E-bookpublicado -, do
CONGRESSO INTERNACIONAL DE LÍNGUA PORTUGUESA: FILOSOFIA E POESIA, decorrido no Brasil (Universidade de São Paulo, Dezembro de 2014) e em Portugal (Universidade do Porto e Universidade Nova de Lisboa, Abril de 2015) - E-bookpublicado -, e do CONGRESSO INTERNACIONAL FILOSOFIA E LITERATURA: FIDELINO DE FIGUEIREDO, igualmente decorrido em Portugal (Outubro de 2015) e no Brasil (Março de 2016), lançamos uma nova via de diálogo entre FILOSOFIA E LITERATURA, agora promovendo a ponte com Macau, procurando assim ampliar a nossa investigação sobre as culturas de língua portuguesa, estendendo-a ao Oriente.



sábado, 16 de julho de 2016

PROGRAMA DO CONGRESSO


CONGRESSO INTERNACIONAL DE FILOSOFIA E LITERATURA: ENTRE PORTUGAL E MACAU - LUSOFONIA, UTOPIA CRIADORA?

Macau, 27 a 30 de Março de 2017

 

27 de Março: Instituto Internacional de Macau

18h00: SESSÃO DE BOAS VINDAS


Intervenção dos representantes das entidades organizadoras do Congresso


Apresentação de Obras

28 de Março: Instituto Politécnico de Macau (Anfiteatro 3 do Edifício Wui Chi)

9h30: CONFERÊNCIA INAUGURAL


José Carlos Seabra Pereira: POÉTICAS DO CONHECIMENTO ANALÓGICO: A LITERATURA PORTUGUESA DE/EM MACAU

10h15: INTERVALO

10h45: SESSÃO 1


Maria Antónia Espadinha: TRADIÇÕES, MITOS E COSTUMES CHINESES NA LITERATURA DE MACAU EM LÍNGUA PORTUGUESA

Adelto Gonçalves: O POEMA DE FORMA LIVRE: OITO ELEGIAS CHINESAS, DE CAMILO PESSANHA

Celina Veiga Oliveira: CAMILO PESSANHA, INSULARIDADE E EXÍLIO

12h15: ALMOÇO

14h30: SESSÃO 2


Maria Celeste Natário: ALGUMAS REFLEXÕES SOBRE O QUINTO IMPÉRIO: DA UTOPIA À "ACRÓPOLE DE MACAU”

Gonçalo Cordeiro: MACAU E O LUGAR DA COMPARAÇÃO: HETEROTOPIA, ESCALA E UNIVERSALISMO LITERÁRIOS

Margarida Conde: MISCIGENAÇÃO E PRECONCEITO EM SENNA FERNANDES

16h00: INTERVALO

16h30: SESSÃO 3

 





Ilda Teresa de Castro: LITERATURA, CINEMA E FILOSOFIA: VALORES DE MATRIZ LUSO-ORIENTAL

Vítor Rua: HASTA LA VISTA BABE OU A MANIPULAÇÃO SUBLIMINAL DA MÚSICA DE CINEMA EM PORTUGAL E MACAU

Vera Borges: POESIA E NAVEGAÇÃO: O IMPACTO DA HISTÓRIA E DO MITO NA DEFINIÇÃO DE UMA POIÉTICA ESPECIFICAMENTE PORTUGUESA

António de Abreu Freire: UM CORDEL, TRÊS CONTINENTES

 

29 de Março: Universidade de Macau

9h30: SESSÃO 4


Sara Augusto: ARQUIVOS DA GUERRA INTERIOR. A VIAGEM DO PECADO AO ORIENTE

Paulo Ferreira da Cunha: ATUALIDADE DO PENSAMENTO JURÍDICO-POLÍTICO DE CONFÚCIO NA PERSPETIVA DE UM NOVO DIREITO NATURAL

Renato Epifânio: ENTRE VAMIREH CHACON, GILBERTO FREYRE E AGOSTINHO DA SILVA: A REFLEXÃO SOBRE A LUSOFONIA ENQUANTO BLOCO GEOCULTURAL

11h00: INTERVALO

11h30: SESSÃO 5


Lola Geraldes Xavier, Adelina Castelo e Cláudia Figueiredo Rouxinol: REPRESENTAÇÕES CULTURAIS DA LUSOFONIA A PARTIR DE MACAU

Ana Saldanha: O LUSOTROPICALISMO NA RECONSTRUÇÃO DE UM IMAGINÁRIO IMPERIAL: O CASO DE MACAU

Vânia Rego: LER MACAU: A LITERATURA COMO FORMA DE CONHECIMENTO DO OUTRO

13h00: ALMOÇO

14h30: VISITA CULTURAL (orientada Pelo Prof. Jorge Cavalheiro)

 

30 de Março: Universidade de S. José

10h00: SESSÃO 6


Maria Fernanda Costa: O CASO DA LITERATURA DE MACAU NA ÉPOCA CONTEMPORÂNEA

Luís Cunha: MACAU E A SAGRAÇÃO DO TOPOS - A TENSÃO ENTRE DOIS MUNDUS

Patrícia Calvário: PADRE JOAQUIM GUERRA, SJ: ENTRE CONFUCIONISMO E CRISTIANISMO

11h30: INTERVALO

12h00: SESSÃO 7


Inocência Mata: CONVICÇÕES UTÓPICAS E PROFÉTICAS NA LITERATURA ANGOLANA

Maria Luísa Malato: ARQUITETURA DA ALMA: A METÁFORA DA "CASA" EM CINATTI

Maria da Conceição Oliveira Guimarães: ESPAÇO MÍTICO OU REAL EM NAVEGAÇÕES DE SOPHIA DE MELLO BREYNER ANDRESEN

13h30: ALMOÇO

15h00: SESSÃO 8
 

Isabel Poço Lopes: O PORTUGUÊS EM MACAU: UTOPIA E REINVENÇÃO

Caio Cristiano: A DEMANDA DA LUSOFONIA: INCESSANTE QUESTÃO

Maria Luci De Biaji Moreira: ENSINO DE PORTUGUÊS NO ESTRANGEIRO: O CASO DOS EUA

16h30: INTERVALO

17h00: SESSÃO 9


Maria Leonor Xavier: RAUL XAVIER: UM MACAENSE QUE ABRAÇOU A CULTURA PORTUGUESA

Paulo Borges: RUÍNAS DE SÃO PAULO A-MÁ E GUAN YIN: MACAU NA TRANSIÇÃO ENTRE ORIENTE E OCIDENTE

18h00: CONFERÊNCIA DE ENCERRAMENTO


Jorge Rangel: UMA INTERPRETAÇÃO DO LEGADO LUSO EM MACAU

 



CONGRESSO INTERNACIONAL DE FILOSOFIA E LITERATURA: ENTRE PORTUGAL E MACAU - LUSOFONIA, UTOPIA CRIADORA?

Portugal, 9 a 11 de Maio de 2017

 

9 de Maio: Faculdade de Letras da Universidade do Porto (Sala de Reuniões)

11h30: SESSÃO DE ABERTURA

Intervenção dos representantes das entidades organizadoras do Congresso

12h00: CONFERÊNCIA

Guilherme de Oliveira Martins: LÍNGUA PORTUGUESA DE VÁRIAS CULTURAS

13h: ALMOÇO

14h30: PAINEL “ENTRE FILOSOFIA E LITERATURA”

Artur Manso: DA RELAÇÃO ORIGINAL FILOSOFIA-POESIA NO PENSAMENTO CONTEMPORÂNEO PORTUGUÊS

Constantino Pereira Martins: A COMUNIDADE QUE VEM? A LUSOFONIA: DA UTOPIA À SOMBRA DO REAL

Dina Rodrigues Macias: A INTERCULTURALIDADE E O ENSINO DA LÍNGUA PORTUGUESA

Hugo Monteiro: PAISAGEM DE UMA IDENTIDADE EM DEVIR: UTOPIA E HETEROTOPIA DA/NA LÍNGUA

Marilda Franco de Moura e Sara Gonzalez: IDENTIDADES CULTURAIS NAS LITERATURAS PORTUGUESAS: MARGENS DO DESTINO

16h45: INTERVALO

17h00: PAINEL “ENTRE FILOSOFIA E LITERATURA”

Ana Milhazes: PORQUE ÉS UM POVO QUE ABANDONA A TUA CASA – DESAMPARO PORTUGUÊS EM DANIEL FARIA

Jivago Furlan Machado: O ESTÍMULO À COAUTORIA DO LEITOR EM NÃO HÁ NADA LÁ DE JOCA REINERS TERRON

José Almeida: ANTÓNIO MANUEL COUTO VIANA E JOSÉ VALLE DE FIGUEIREDO: DOIS POETAS DA TRADIÇÃO ARMILAR

Luís Garcia Soto: PODER/SER. FILOSOFIA, TRADUÇÃO E UTOPIA

Rodrigo Araújo: FIGURAÇÕES DAS LÁGRIMAS NA POESIA PRIMEIRA DE TEIXEIRA DE PASCOAES

19h15: ENCERRAMENTO DOS TRABALHOS

 

10 de Maio: Faculdade de Letras da Universidade do Porto (Sala de Reuniões)

9h30: PAINEL “VISÕES DO ORIENTE”

Ana Cristina Sousa/Hugo Barreira: MATER DEI: LEITURA ARQUITETÓNICA E ICONOGRÁFICA DA IGREJA DO COLÉGIO DE SÃO PAULO EM MACAU

António Aresta: O PENSAMENTO MORAL DE LEÔNCIO ALFREDO FERREIRA

Cristina Zhou: ORIENTE PLURAL NO UNIVERSO PESSOANO

11h: INTERVALO

11h15: PAINEL “VISÕES DO ORIENTE”

Egídia Souto: ALTINO TOJAL E ANTOINE VOLODINE A UTOPIA DO IMPÉRIO

Elisa Gomes da Torre: O “APARECER” DA CHINA NA POESIA DE MANUEL AFONSO COSTA

Florinda Martins: O ENCONTRO ENTRE O OCIDENTE E O ORIENTE NO PENSAMENTO DE MICHEL HENRY

12h45: ALMOÇO

14h15: PAINEL “VISÕES DO ORIENTE”

Gonçalo Cordeiro: A INSCRIÇÃO POÉTICA DE MACAU NA ÉPICA SACERDOTAL DE VIDEIRA PIRES

Jorge Cunha: O PENSAMENTO MORAL DE FRANCISCO XAVIER RONDINA

Manuela Brito Martins: O "COMPENDIO DE PHILOSOPHIA THEORICA E PRÁCTICA" DO JESUÍTA FRANCISCO XAVIER RONDINA: O RENASCIMENTO DA NEOESCOLÁSTICA

15h45: INTERVALO

16h00: PAINEL “VISÕES DO ORIENTE”

Sara Augusto: HISTÓRIAS DE VIRTUDE: OS ARQUIVOS DE HENRIQUE DE SENNA FERNANDES

Saulo de Tarso Fernandes Dias: SCHOPENHAUER PELOS OLHOS DO DRAGÃO

Vera Matias de Magalhães: O EUFEMISMO E A RETÓRICA TRANSCULTURAL EM FALLEN ANGELS DE WONG KAR-WAI

Vítor Teixeira: MONS. MANUEL TEIXEIRA: REVISITAÇÃO DE UM HISTORIADOR DE MACAU

18h00: ENCERRAMENTO DOS TRABALHOS

 

11 de Maio: Salão Nobre do Palácio da Independência (Lisboa)

09h30: PAINEL “ENTRE FILOSOFIA E LITERATURA”

Luís Lóia: DIVERGÊNCIAS E CONVERGÊNCIAS ENTRE POESIA, TEOGONIA E FILOSOFIA, SEGUNDO EUDORO DE SOUSA

Maria João Carvalho: O RETRATO “LÚBRICO” FEMININO EM CAMILO PESSANHA E CESÁRIO VERDE

Maria de Lourdes Sirgado Ganho: HÚMUS, UM ROMANCE EXISTENCIAL E METAFÍSICO

11h00: INTERVALO

11h15: PAINEL “ENTRE FILOSOFIA E LITERATURA”

Paulo Borges: O VAZIO EM ANTÓNIO RAMOS ROSA

Rodrigo Sobral Cunha: RITMO E PAISAGEM NA OBRA DE CAMILO PESSANHA

Samuel Dimas: ESCATOLOGIA E UTOPIA EM ANTÓNIO QUADROS

12h45: ALMOÇO

14h15: PAINEL “VISÕES DO ORIENTE E DA LUSOFONIA”

Annabela Rita: LUSOFONIA & CÂNONE: COORDENADAS

Duarte Drumond Braga: A LITERATURA DE MACAU PENSADA A PARTIR DE GOA

Luís Branco: GOA AO REVERSO

Miguel Real: UM TESTEMUNHO SOBRE MACAU

16h15: INTERVALO

16h30: PAINEL “VISÕES DO ORIENTE E DA LUSOFONIA”

Mário Carneiro: CONSIDERAÇÕES SOBRE WENCESLAU DE MORAES E A SUA NOÇÃO SENTIMENTAL DAS COISAS E DOS HOMENS

Mendo Castro Henriques: MITO E REALIDADE DO PRESTE JOÃO DAS ÍNDIAS

Rui Lopo: É PRECISO FAZERMO-NOS CHINESES. MANUEL DA SILVA MENDES: ORIENTALISMO OU SINOFILIA? DO EXPATRIAMENTO AO VOTO DE BODHISATVA

Susana Rocha Relvas: IMAGINÁRIO E REPRESENTAÇÃO DO BRASIL EM LEONARDO COIMBRA

18h30: CONFERÊNCIA DE ENCERRAMENTO

Adriano Moreira: A LUSOFONIA COMO UTOPIA CRIADORA


Entrada Livre - para mais informações: portugalmacau2017@gmail.com

Ecos nos media:
https://pontofinalmacau.wordpress.com/2017/03/23/congresso-de-filosofia-e-literatura-toma-de-assalto-universidades-do-territorio/
http://jtm.com.mo/local/literatura-lusofona-em-dialogo-filosofia/